FestFoto 2022

Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre completa 15 anos. Exposição Terrarium inaugura no dia 6 de agosto, ocupando os quatro andares da Fundação Iberê Camargo. O Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre – FestFoto completa 15 anos em um momento inédito de incerteza. O confinamento disparou processos de conexão e desconexão nunca vistos.

Premiados das Leituras de Portfólio

Plataforma Internacional de Leituras de Portfólio 2022 Com grande alegria e enorme gratidão, anunciamos a lista de artistas premiadas (os) na edição 2022 da Plataforma Internacional de Leituras de Portfólio do FestFoto. Durante duas semanas de trabalho intenso, esperamos que muitas oportunidades tenham sido abertas.Os talentos foram em número muito maior que a quantidade de

Ana Sabiá

O gabinete de curiosidades da Srª.M.N. Gabinete de curiosidades (ou quarto das maravilhas) podem ser considerados como precursores dos museus de história natural e artes, e formaram entre os séculos XVI e XVII, as diversas coleções de objetos raros ou estranhos dos três ramos da biologia considerados na época: animal, vegetal e mineral; além das

Mari Gemma – Céu de Urucum

Trabalho vencedor da categoria Multimídia da Convocatória FestFoto 2022 O urucum é espécie nativa utilizada pelos povos tradicionais em pinturas corporais rituais e na culinária regional. Com os incêndios criminosos que anualemente atingem o cerrado, o ceu se mostra em tons vermelhos, sintoma de uma gestão ambiental doentia e predatória. A obra faz parte de

Luiza Kons – Em nome da mãe e do pai

Trabalho vencedor da categoria Portfólio da Convocatória Fotograma Livre Dez anos após receber o diagnóstico de autismo, a artista apresenta uma obra que faz o inventário do seu próprio estranhamento. A série de autoretratos é construída na fronteira entre fotografia, literatura, representação e documentação. O esforço artístico é para dar conta da dificuldade em entender

José Roberto Bassul

O Sol só vem depois “O sol só vem depois” é o refrão de um rap do Emicida que expõe as injustiças do mundo sem se desfazer da poesia. Feita durante a pandemia, esta série também adota um tom de desencanto. Imagens de elementos urbanos abordam as circunstâncias passadas ou permanentes nas quais enfrentamos, individual

Federico Estol – Heróis brilhantes

São 3.000 engraxates que saem todos os dias pelas ruas dos subúrbios de La Paz e El Alto em busca de clientes. São de todas as idades e nos últimos anos se tornaram um fenômeno social na capital boliviana. O que caracteriza esta tribo é o uso de máscaras de esqui para que não sejam

Mateus Morbeck – REALEJO

REALEJO, 2020 Para George Orwell “Quem domina o passado domina o futuro; quem domina o presente domina o passado”, em sentido parecido, para Ariella Azoulay “a fotografia é uma tecnologia de extração” (…) “Explicar a fotografia com base na narrativa de seus promotores é como registrar a violência imperial nos termos daqueles que a exerceram,